terça-feira, 30 de novembro de 2010

Composição e estrutura

São denominados álcoois os compostos químicos derivados de hidrocarbonetos que possuem um grupamento hidroxila (OH) em sua estrutura.


            
(radical) R − OH (hidroxila) 







Existem três critérios para a sua classificação:
1) Quanto à natureza do radical ao qual está ligado o grupamento hidroxila
É analisada a estrutura do radical, diferenciando-os em simples (carbono primário e secundário) ou ramificados (carbono terciário ou quaternário).
2) Quanto ao número de hidroxilas presentes na molécula
Os álcoois podem ser monóis (apenas um grupamento presente), dióis (dois grupamentos), trióis (três grupamentos), e assim por diante.
3) De acordo com a posição do grupamento (OH) na molécula
               Podem ser classificados como primários, secundários e terciários, conforme o carbono da hidroxila esteja ligado a um, dois ou três átomos de carbono.

Sua nomenclatura é bem prática. A cadeia mais longa que possuir a hidroxila será a cadeia principal. A numeração dos carbonos se faz de modo que o carbono da hidroxila receba o menor número possível. A vogal “o” que finaliza o nome dos hidrocarbonetos é substituída por “ol”. Verifique alguns exemplos:

2 - propanol

metanol








etanol
 
     A partir do álcool pode-se obter aldeído e cetona:
  • Com agentes oxidantes (KMnO4/H2SO4, K2Cr2O7/H2SO4):
Álcool primário à aldeído àácido carboxílico
Álcool secundário àcetona
Álcool terciário à não reage


            É válido ressaltar que os álcoois apresentam caráter polar, devido à presença do grupamento hidroxila, no qual o átomo de oxigênio, por ser mais eletronegativo que o de hidrogênio, atrai os elétrons compartilhados na ligação O-H, levando-os a assumir uma distribuição espacial assimétrica. De acordo com a regra “semelhante dissolve semelhante” eles são solúveis em água. Graças à realização de pontes de hidrogênio possuem alto ponto de ebulição. Os álcoois são também altamente inflamáveis, ou seja, na presença de chama e de oxigênio transformam-se em água e gás carbônico fornecendo uma grande quantidade de energia.

* Fontes:
 http://www.mspc.eng.br/quim2/quim55.shtml
 Nova Enciclopédia Barsa. – São Paulo: Encyclopaedia Britannica do Brasil Publicações, 2000. Volume 1

Postado por: Ruanda Pereira Maia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário